PALAVRA DA LDER: possvel derrotar o presidente golpista - Alice Portugal
Twitter Facebook Rss Nosso Canal de Vídeos no Youtube

PALAVRA DA LDER: possvel derrotar o presidente golpista

Notícia Postada em 19/10/2017 as 20:31:46 hs
por: Ascom
 
 
 
Por: Alice Portugal 
 
 
 
 
O fator decisivo para garantirmos a derrota de Michel Temer no Plenário da Câmara é a pressão dos brasileiros sobre cada deputado. O povo nas ruas é capaz de virar o jogo na votação da segunda denúncia contra o presidente ilegítimo, marcada para o dia 25 de outubro.
 
Com a proximidade das eleições de 2018, os parlamentares ficam mais vulneráveis à pressão popular. A votação será aberta e com chamada individual. Será a oportunidade do eleitor exigir, em cada município e região, que se vote em favor do andamento do processo criminal contra Temer por obstrução de justiça e organização criminosa no Supremo Tribunal Federal (STF). Precisamos impedir que, mais uma vez, ele se salve graças à compra de votos com recursos e cargos públicos.
 
Todos sabíamos que a votação na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania era um jogo de cartas marcadas, até porque integrantes do colegiado foram substituídos na hora da decisão final. Mas o placar favorável a Temer – 39 votos a 26 – foi mais apertado do que o da primeira denúncia. Isso significa que a cobrança da população sobre os deputados está surtindo efeito. Reduziu a capacidade do golpista resistir. Ele também não está conseguindo atender a todas as exigências de sua base de apoio construída sobre o fisiologismo.
 
Se fizermos manifestações em todos os espaços, o Plenário pode decidir pelo afastamento. Há uma surda disputa no seio das forças golpistas e já surge, cada vez com maior frequência, aqueles que admitem não ser mais possível a continuidade de Temer no poder. Trata-se de mais um fator de desequilíbrio dos setores retrógrados que tomaram conta do país, por meio de um golpe comprado, e que estão, sem qualquer legitimidade, saqueando direitos e patrimônio público e gerando prejuízos para inúmeras gerações.
 
Exemplos de desmonte público não faltam. A Reforma Trabalhista destroi a dignidade dos trabalhadores. A pretensa Reforma da Previdência é excludente, elitista e acaba com a aposentadoria. Temer assaca contra a soberania nacional ao quebrar o direito da Petrobras de ter exclusividade na exploração do pré-sal. Outro absurdo aprovado na Câmara é a anistia para dívidas fazendárias de ricos e o perdão de multas de bancos.
 
O Brasil tem tido prejuízos enormes, mas a conta só chega na mesa do trabalhador. Não é fácil garantir a vitória do povo em Plenário. É fundamental, entretanto, asseverar que estamos sob um estado de golpe. Há várias fissuras no Estado democrático de direito no Brasil. Temos neste momento um ataque frontal à soberania e aos direitos sociais, ao ponto do presidente golpista trocar a volta da escravidão por votos. A mobilização popular precisa ser reacendida para que possamos mudar a correlação de forças e vencer a batalha final nesta quarta-feira. Todos mobilizados e em luta!
 
*Deputada federal pela Bahia e líder do PCdoB na Câmara.
 

Mais Notcias

AGENDA

Contatos

Gabinete em Braslia-DF
Cmara dos Deputados - Anexo IV - Gab 420 - CEP 70160-900
Fones: (61) 3215-5420 / (61) 3215-3420 -
Fax (61) 3215-2420

Escritrio Poltico em Salvador-BA
Avenida Anita Garibaldi
Edifcio Ernesto Weckerle, n 1279, Sala 302.
Federao - Salvador Bahia - CEP 40210-750
Fone: (71) 3331-5792 / Fax (71) 3237-5294
imprensa.aliceportugal@gmail.com